GodLike - Gaming Bootstrap 4 Template
Aguarde...

Lords of The Fallen

Gameplay Completo

Libertado da prisão pelo seu mentor Kaslo, outra alternativa não restava a Harkyn, a personagem que dá a sua cara tatuada ao jogo, senão aceitar a demanda. As tatuagens correspondem a uma espécie de perpetuação dos crimes, um rótulo que o acompanhará até ao fim da vida. Mas antes disso, haverá tempo para uma jornada que não podia imaginar naquele momento. O regresso do exército de Deus, perfila-se como a ameaça mais sombria e letal que a humanidade poderia enfrentar mas também encontra neste novo capítulo uma oportunidade para remir os seus crimes, enfrentar o passado e recuperar o poder dos governantes que no passado combateram, com sucesso, exército semelhante. Lords of the Fallen potencia as sequências animadas, diálogos e liga o destino da personagem ao processo de escolha e consequências, sendo um dos vários incentivos para um novo jogo mais e posterior novo jogo mais mais. A história do jogo ocupa um papel central, tendente a segurar o jogador sobre a severidade do conflito que opõe os Lords de Deus aos humanos, ficando isso bem visível nos manuscritos abandonados por soldados derrotados e que contribuem para o alargamento da base narrativa. Aliás, a história ganha forma no ecrã de opções, quase como um "puzzle" que vamos edificando, primeiro obtendo as peças e depois juntando-as. Não sendo embora um universo tão vasto e aberto em Dark Souls, o desenvolvimento da narrativa é bastante positivo, com algumas escolhas a provocarem dificuldades, e mesmo que não seja muito longo em termos de território e por várias vezes nos leve até pontos que anteriormente não se encontravam acessíveis, a sua significativa linearidade não ofusca a dimensão do espaço.